Mangueira de injeção

MANGUEIRA DE INJEÇÃO / INJEÇÃO POR MANGUEIRA

Desde os inícios dos anos 70, têm vindo a ser utilizados sistemas de mangueiras de injeção em alternativa ou como complemento das cintas de juntas e chapas para juntas para fins de vedação. Trata-se de um selante injetável em forma de tubo ou canal. Vazamentos posteriores podem ser selados objetivamente através da injecção de resina de poliuretano, resina acrílica, suspensão de cimento ou massa de cimento.

uso da mangueira de injeção DESOI
sistema de enchimento e de ventilação DESOI

Vantagens e utilidade

  • Fácil instalação e adaptação flexível à linha da junta
  • Aplicação direta sobre a junta de trabalho
  • Vedação adicional próxima da cinta de juntas ou chapa para juntas
  • Possibilidade de vedação de juntas de trabalho em obras de betão e betão armado
  • Processo técnico de baixo custo para a vedação posterior preventiva
  • Os sistemas de mangueira de injeção também podem ser instalados em perfis de juntas complicados, caso a montagem de cintas de juntas ou chapas para juntas apenas seja possível de modo bastante moroso a nível construtivo.
  • A adequação dos sistemas de mangueira de injeção é documentada através de um comprovativo de utilização a nível de controlo construtivo (AbP - certificado de inspeção geral de construção)

Exemplos de aplicação

Segundo a Lista de Regras de Construção A, parte 2, número corrente 1.4., os sistemas de mangueira de injeção pertencem aos sistemas de impermeabilização, p.ex., na zona de águas subterrâneas (concreto impermeável)

Criação de uma junta de trabalho impermeável em construções de betão através de injeção programada

Utilização, p.ex., em estruturas hidráulicas, estações de tratamento de esgotos, estacionamentos subterrâneos, túneis

Instruções relativas à montagem

DESOI Tubo di iniezione
  • A mangueira de injeção deve ser ancorada de modo contínuo ao componente em betão endurecido, de modo a não flutuar no betão fresco
  • Geralmente, a fixação da mangueira de injeção processa-se através de braçadeiras de fixação especiais a uma distância de, no máx., 15 cm, ajustando esta distância, se necessário, de acordo com a obra.
  • Na área das junções das mangueiras deve ser evitada a compressão mútua
  • Comprimento da mangueira de injeção aprox. 8 - 10 m
  • A distância da mangueira de injecão em relação à parede exterior deve ser de ⅓ a ½ d (espessura do componente)
  • As mangueiras devem ficar sobrepostas nas ligações em aprox. 15 cm e devem ser dispostas em paralelo a uma distância de cerca de aprox. 5 cm umas das outras
  • Respeitar a disposição das mangueiras de injeção que consta do plano de execução
  • Pressão de abertura - A saída do material de enchimento que se encontra na mangueira de injeção ocorre a baixa pressão entre 0,5 a cerca de 5 bar

Loja

alemão
inglês
francês

Consultoria & Vendas

Telefone +49 6655 9636-0
sales@desoi.de